Documento Cultural Santos

outubro 2009 Posts no Blog (31)

Prata da Casa!

Mais uma vez o Centro de Treinamento da CODESP foi o palco de mais duas Oficinas Culturais, direcionadas a funcionários e aposentados de diversos ramos da empresa.

Foi comovente para toda a equipa Documento, ouvir as palavras emocionadas e emocionantes sobre os mais diversos temas: as transformações no Patrimônio Paisagístico Cultural, a Guarda Portuária, a evolução dos Serviços Administrativos da empresa, as Mulheres na CODESP, entre outros e ainda, os mais diversos causos e acasos que… Continuar

Adicionado por Pedro M. S. Narciso em 30 outubro 2009 às 9:49 — Sem comentários

Minha Vida na CODESP

Gostei muito da iniciativa da CODESP pelo resgate das histórias do Porto de Santos, sempre estão nos oferecendo palestras e cursos, procuro sempre participar de todos, tudo que tenho hoje, agradeço a CODESP inclusive a criação de meus filhos.

Estou nesse setor e gosto muito do setor em que trabalho estando muito feliz, me realizando profissionalmente.

Adicionado por José Geraldo da Silva Ribas1 em 29 outubro 2009 às 16:23 — Sem comentários

Quando iniciei na CODESP

Quando eu entrei na CIA. Docas do Estado de São Paulo - CODESP, fui trabalhar como "trabalhador de armazém", onde prestei serviços na armazenagem de bagagem, que na época era apenas em armazenagem onde não tinha a estrutura adequada para receber os passageiros que chegavam em navios mistos (carga e passageiro).



Depois por necessidade da empresa fui convocado para trabalhar no serviço de carga e descarga de navios, onde atuei por 4 anos.



Após o término da minha faculdade,… Continuar

Adicionado por Ricardo Fernando de Andrade em 29 outubro 2009 às 16:20 — Sem comentários

Meu primeiro dia de trabalho.

O primeiro dia na empresa. Nunca esqueci minha estupefação com relação à escadaria interna que levava ao andar superior do prédio, onde funcionava a Seção de Admissão.
A escada era muito antiga, mas ao mesmo tempo muito bonita. Aquele corrimão torneado e os entalhes eram primorosos, com o passar do tempo aquela visão foi se tornando rotineira, mas a imagem do primeiro dia nunca se apagou de minha memória.
A escada ainda existe para quem quiser conferir.

Adicionado por Mirian em 29 outubro 2009 às 15:30 — Sem comentários

Parabéns pela Iniciativa

Parabéns para a CODESP por mais uma iniciativa a memória do Porto de Santos. Em nossa área de trabalho, onde preferimos palestras institucionais sobre o Porto de Santos, uma das partes que mais chama atenção do nosso público, tanto empresarial quanto acadêmico, é quando se apresenta a história do nosso Porto.
Entendo que este projeto deva ser definitivo, e itinerante, aproximando cada vez mais o Porto com a cidade e a comunidade em geral.

Adicionado por Alberto Neiva Ferro Filho em 29 outubro 2009 às 14:56 — Sem comentários

Minha História e a CODESP

É com grande prazer e alegria que relembro uma das melhores conquistas da minha vida.

Tudo começou quando meu irmão, que já trabalhava como apontador na CIA DOCAS de Santos, me comunicou que haveria um concurso para seleção de novos funcionários. Preparei-me, fiz as provas e fui aprovada. Aguardei a convocação preocupada pois, naquela época, havia certa relutância na contratação de mulheres para o quadro de funcionários.

O dia em que fui chamada é inesquecível, um momento de muita…

Continuar

Adicionado por Regina Dilza em 29 outubro 2009 às 11:00 — Sem comentários

Pesquisas e informações necessárias

Eu gostei muito do que pode presenciar nesta oficina, os slides são muitos explicativos, partes descobertas de arqueologia, os estudos das camadas do solo para verificar as ocupações anteriores.

Os depoimentos diversos de pessoas que trabalham no Porto a mais de 45 anos e que acompanharam o desenvolvimento desde meados de 1950, relatando mudanças e descobertas desconhecidas da maioria do pessoal que trabalhou no porto.

Adicionado por Neide Peres Gumiero em 29 outubro 2009 às 11:00 — Sem comentários

Sobre a Oficina

Gostei muito da Interação do Pessoal Mais Antigo com o Pessoal mais Novo na Empresa, e também da Oficina de forma a interarir e compartilhar informações entre todos...

Adicionado por ANTONIO LUIZ DE SOUZA em 29 outubro 2009 às 10:36 — Sem comentários

muito louvável

Muito boa a participaçao de todos na oficina sob porto de santos e suas memórias. Continuem com esse projeto pois é desse modo que vamos guardar e resgatar tudo que envolve pessoas e comunidade e principalmente patrimônio cultural do maio Porto da América do Sul.

Adicionado por Jair Roberto da Silva em 29 outubro 2009 às 10:35 — Sem comentários

Sobre a Construção do Museu

A intenção da criação do Museu em 1989 foi resgatar a História centenária do Porto de Santos, reverenciando alguns empregados que ajudaram na construção dessa Grande Obra...

Adicionado por Rivaldo Amaral em 29 outubro 2009 às 10:23 — Sem comentários

História Viva contada por quem a viveu!

Mais uma Oficina Cultural realizada, mais um capítulo da História do Porto de Santos escrito. Desta vez, os narradores foram alguns dos inúmeros estivadores que trabalharam ou trabalham ainda no Porto, ocultos da visão de quem passa nas docas, trabalhando de forma incansável e muitas vezes arriscada, dentro dos porões imensos dos navios de carga!

Esta classe operária sempre representou o maior contingente de trabalhadores portuários, tendo no Passado, transportado e arrumado a carga à… Continuar

Adicionado por Pedro M. S. Narciso em 23 outubro 2009 às 11:03 — Sem comentários

Um trabalho e várias vidas, tudo isso graças ao porto

Através de minha família foi que eu conquistei a "senha" da estiva, porém em 1982 comecei á trabalhar no navio como torneiro mecânico. Não tinha experiência como estivador "senha" , tinha que ir para o navio fazer lingada de sacaria e era dificutuso e com isso pegava pouco trabalho , havia navio somente para a senha que era o de cimento e agranel no saboó pois não havia segurança no trabalho,era muito salubre.



Em 1991 consegui a senha, melhorou muito, entrou o OGMO -… Continuar

Adicionado por Altemar Alves dos Santos em 22 outubro 2009 às 18:18 — Sem comentários

Porto e sua atualidade

Entrei como estivador no Porto de Santos no ano de 1991, durante o início da CODESP. As principais alterações que vi acontecer foram a redução do número de trabalhadores no navio, que foram sendo substituídos por máquinas cada vez mais modernas. Além dessa, os armazéns foram arrendados a empresas privadas.



Outra grande mudança foi a colocação de sugadores e da criação do ship loader. Os sugadores foram colocados no local dos grabs, que eram guindastes de cintura fina e… Continuar

Adicionado por Luiz carlos Mariano de Oliveira em 22 outubro 2009 às 17:52 — Sem comentários

Trajetória

Meus familiares, como meu avo e meu pai, foram os protagonistas, trabalharam e se aposentaram na profissão de Estivador.



Quando eu era criança, meu pai me levava para o Porto de Santos, foi ai que me despertou a paixão pelo porto, começei a trabalhar estacionando carros no porto, somente aos seus 21 anos eu recebi minha carteira de autorização para trabalhar no porto de Santos.



Desde 1993 eu exerço a profissão de ESTIVADOR, com muito amor e orgulho.





Recado… Continuar

Adicionado por Elvis Anderson em 22 outubro 2009 às 17:00 — Sem comentários

Porto nossa vida

O porto representa para nos estivadores a nossa vida, família, etc.

Ser Estivador é um trabalho perigoso, mas compensador, trabalhando como estivador eu pude criar e dar um fúturo digno para toda minha família, hoje tudo que tenho é graças ao Porto Santos (a Estiva)...

Adicionado por Clegivaldo Clemente dos Santos em 22 outubro 2009 às 16:30 — Sem comentários

O estivador e o Porto de Santos

O Porto de Santos é o maior porto da América do Sul.



O estivador é formado para trabalhar em empilhadeira, trator, ponte rolante, guindaste e qualquer equipamento que surgisse no Porto.



O estivador é o Homem manipulando o progresso da nação. O estivador é a alavanca do Brasil e do Mundo.



Os melhores navios para trabalhar eram os alemães que vinham de Hamburgo, de Bremen. Tinham cabos novos, bem adaptados, diziam que a cada carga que saía da Alemanha eles… Continuar

Adicionado por José dos Santos Filho em 22 outubro 2009 às 15:45 — Sem comentários

O Porto e a sua evolução

Eventos como estes deviam ser feitos com mais freqüência, para poder avivar o conhecimento do Porto. Para que as próximas gerações tenham conhecimento da criação do Porto até sua modernização atual.

Adicionado por Antônio Carlos Francelino Souza em 22 outubro 2009 às 11:58 — Sem comentários

Sítio Conceiçãozinha e Prainha

Santos está de parabéns pela sua atitude conjunta com a Empresa Documento, em relação aos trabalhos realizados, com sua preocupação cultural e com a sua comunidade.

Sua exposição mostra um ótimo trabalho científico que envolve desde manejo, comunidade, sustentabilidade á questão cultural da cidade.

Sou morador do município de Guarujá há 40 anos, e gostaria que nosso nunicípio tivesse essa mesma iniciativa e preocupação com seus municípios.



Marcelo de… Continuar

Adicionado por Marcelo Brito em 14 outubro 2009 às 18:23 — Sem comentários

A RELAÇÃO DO PORTO COM A SUSTENTABILIDADE E A DOCUMENTO

Neste pós crise o boom da retomada dos investimentos na Baixada Santista, em particular no Porto de Santos (citado neste Fórum como o Porto do Brasil), com foco nas obras e benfeitorias tanto na margem direita (Santos) quanto na margem esquerda (Guarujá), muito se fala, muito se escreve sobre os benefícios destas ações e da sustentabilidade muito ligada as condições do meio ambiente, mas é importante conhecermos e reconhecermos e hoje tive a grata satisfação de conhecer o trabalho da empresa… Continuar

Adicionado por Davi Paula Costa em 14 outubro 2009 às 18:00 — Sem comentários

Oficinas Culturais na CODESP e na SINDAPORT

É com grande prazer que tenho acompanhado e participado no Plano de Gestão de Patrimônio Cultural / Diagnóstico de Situação e Valoração Científica do Sistema Viário da Margem Direita do Porto de Santos, desde praticamente o seu começo no primeiro semestre de 2008. Como tal, assisti à sua nascença, crescimento e amadurecimento, tendo participado como arqueólogo, tanto na fase de Prospecção do Patrimônio Arqueológico, como na fase de Resgate dos dois sítios arqueológicos identificados: o sítio da… Continuar

Adicionado por Pedro M. S. Narciso em 8 outubro 2009 às 11:57 — 1 Comentário

Grupos

© 2020   Criado por Documento Projetos Planejamento.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço